Frases Momentâneas

"Algumas quedas servem para que nos levantemos mais felizes" William Shakespeare

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Para Sempre Comigo*

Recordo aquele dia como se tivesse permanecido nele até hoje. Vejo constantemente aqueles últimos momentos como se nada tivesse vivido ou existido depois disso. Como se eu própria tivesse deixado de existir. Quando me deram a notícia não chorei. Via todos a chorar mas os meus olhos permaneciam secos. Tudo, porque acreditava que aquilo era um terrivel engano. Ansiei mesmo que fosse outra pessoa e que tudo não passasse de um enorme erro. Parecia tão surreal… Foi quando te vi que percebi que a minha esperança era inútil, pois eras mesmo tu ali deitada à minha frente. Olhava para ti, como uma criança, querendo apenas ver-te mexer para que nada daquilo que estava a acontecer fosse real. Para não ter de encarar que te perdi… Confesso que de te olhar tantas vezes tive vislumbres de que te mexias… Apenas ilusão óptica provocada pelas lágrimas, que agora sim, teimavam violentamente em rolar. Tudo parecia simplesmente impossível

Recordo com saudade os verões em que ia para tua casa… os meses de férias eram sempre passados contigo. A paciência que tinhas quando eu era pequena… as vezes que me deixas-te dormir contigo porque não queria dormir sozinha… as historias que me contavas… os momentos em família… o teu sorriso e as tuas gargalhadas que contagiavam os outros… a compreensão, o apoio e o carinho que te era peculiar…e como sempre estiveste bem com a vida, apesar de todos os problemas e desgostos que ela te trouxe. Vives-te até ao fim como uma lutadora… admiro-te e orgulho-me de ti.

Não duvides de que penso em ti todos os dias… e a verdade é que todos os dias choro com saudades tuas… saudades que nunca vou poder matar… tal como todas as palavras que ficaram por dizer e que nunca mais poderei pronunciar. Foste embora assim, sem avisar e a verdade é que nunca mais vou ter a oportunidade de te dizer como eras e és importante para mim, como a vida sem ti não tem sentido, como gostava que estivesses presente em todos os momentos importantes da minha vida… Tenho comigo um dos lenços que sempre usavas, onde, apesar dos meses volvidos, ainda consigo sentir o teu cheiro, o teu aroma e o teu perfume, que me regalam com a tua presença em eternas recordações que o tempo ainda não apagou e jamais apagará. Tudo o que partilhei contigo foi meramente especial… mas o tempo que passei a teu lado, esse, foi pouco… não deu para te dizer as vezes suficientes como te amo e o significado que tens e terás sempre na minha vida. Egoísmo da minha parte talvez, querer-te para sempre comigo. Posso até ser considerada a pessoa mais egoísta do Mundo, se isso significar ter a oportunidade de te ver uma última vez e mostrar-te aquilo que não te mostrei durante toda uma vida.
Amo-te e não existe nada que mude isso… Nem as saudades, nem o teu aroma perdido, nem mesmo o tempo que tudo muda. Pensarei em ti, sempre!!! E finalmente um dia, irei ter contigo e a primeira coisa que te direi é… senti a tua falta!

Descansa em paz avó, nessa estrelinha que escolhes-te para olhar para nós*

9 comentários:

Ana disse...

Compreendo a tua dor! É sempre dificil... Não chores, ela olha por ti!

Escreves realmente bem! Continua assim e pensa num bestseller! Tens imenso jeito.

Anónimo disse...

Continua assim! Tens as palavras nos dedos! Agarra-te ao papel e escreve que nem uma louca.. Parabéns!

Carlos Silva, Alcobaça disse...

"Recordação é o unico paraiso do qual nao podemos ser expulsos, daí que a distancia traga saudade, mas nunca esquecimento..."

Desculpa a invasão, mas lembrei-me desta frase quando li este texto. Devias ter uma forte ligação com essa pessoa. Independentemente do que aconteceu, lembra-te da publicidade da coca-cola. ;) Parabéns pelo texto. Tens jeito. Continua assim e vais longe.

"Eduardo" disse...

Ao ler este texto ao som da música, fez-me lembrar a minha infancia e o tempo que passei com uma pessoa importante para mim que também já não está neste mundo. É dificil, mas pouco a pouco, vamos aceitando a realidade. Pode não estar aqui, mas está para sempre dentro de nós.

Dina disse...

"Aceitar a perda, é a primeira coisa a fazer. Ficar triste e chorar, a segunda. Com o apoio dos outros, vamos aprender a defendermo-nos.
Aprendemos que cada coisa que se perde pode deixar um vazio mas que, com o tempo, ele será preenchido por outra coisa. Isto é a mudança, a aquisição de maturidade e a essência da vida."

J. L. Pio Abreu

Rita disse...

Não consegui controlar as lágrimas enquanto lia esta publicação.
O teu futuro é sem dúvida a escrita. A maneira como transmites o teu sentimento, a tua mágoa, a tua tristeza e alegria é incrível.

Continua a recordar todos os dias essa pessoa, porque independentemente onde ela estiver, vai ouvir te e acompanhar-te para sempre, ate um dia estiveres outra vez junto a ela.

Anónimo disse...

Revejo-me nas tuas palavras e as mesmas fizeram-me sentir como se tudo tivesse a acontecer agora..

Hugo disse...

Tão lindo =D TÂO MARAVILHOSO =D TÂO COOL TAS CONTRATADA xD ESCREVES COISAS INCRIVEIS =D ESCREVES MUITO BEM DE 0 A 100 DOTE 1000 BATESTE O RECORD =D CONTINUA ASSIM QUE ATÈ DA PRAZER DE LER BEIJINHO HUGO

Jessica disse...

Escreve bem sem dúvida nenhuma! Mas podia escrever coisas felizes. De certeza que o faz e acho que devia publicá-los. É verdade que sentimentos de dor, saudade, perda são fáceis de colocar em palavras e fazer textos do género. Mas sentimenos de amor, alegria e extase também. Pensa nisso.